REFORMA QUE LESA SERVIDORES PÚBLICOS É APROVADA NA ALMS, MAS SEM O VOTO DOS PETISTAS

A Reforma da Previdência do governo tucano de Reinaldo Azambuja (PSDB) foi aprovada em segunda votação por 13 votos a sete. A bancada do Partido dos Trabalhadores na Assembleia Legislativa de MS votou contra a reforma que lesa os servidores públicos.

O clima era tenso na ALMS e pela primeira vez na história da Casa de Leis, que deveria ser do povo, a TROPA DE CHOQUE se posicionou dentro do plenário para intimidar os servidores manifestantes e garantir a votação relâmpago que aconteceu há pouco.

A bancada do PT de Mato Grosso do Sul afirma que irá continuar na luta ao lado dos servidores públicos e que haverá investigação do PREVISUL.