Pedro Kemp afirma que trabalho da CPI vai garantir postos de trabalho em MS

O deputado estadual Pedro Kemp (PT-MS), membro da CPI que investiga os incentivos fiscais às empresas de MS, disse hoje que a manutenção de todos os empregos da JBS moveu Legislativo e Executivo para um acordo com a empresa. “Teríamos um prejuízo enorme tanto na economia já que a de MS é voltada para a agropecuária, como também o prejuízo social. Hoje, 17 mil pessoas trabalham diretamente para a JBS sem falar das outras que estão indiretamente ligada às atividades. Seria um desastre para a economia”. “Eu fiz questão da presença dos sindicatos e da Federação dos Trabalhadores da Indústria da Alimentação em todas as reuniões porque era uma questão prioritária a manutenção de todos os empregos e que a empresa pague o que deve ao Estado e continue aqui ampliando a sua participação na Economia”, explicou Kemp.

Com novo acordo, integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da JBS, na Assembleia Legislativa, garantiram cinco bens da J&F para o pagamento das dívidas da empresa com o Estado. O valor total dos bens chegam a R$ 743 milhões. O contrato feito entre a J&F, o Governo do Estado e a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) foi assinado nesta quarta-feira (24).