NOTA DE REPÚDIO E SOLIDARIEDADE

Nota de repúdio e solidariedade.

O Diretório Regional do Partido dos Trabalhadores de Mato Grosso do Sul reunido em 9 de junho de 2018, vem a público repudiar a decisão do Juiz da Segunda Vara Cível de Paranaíba (MS), que determinou a suspensão do curso “Golpe de Estado de 2016, conjunturas sociais, políticas, jurídicas e o futuro da democracia no Brasil” ministrado na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul – unidade de Paranaíba (MS). Trata-se de decisão inédita e que viola a Constituição Federal em especial a autonomia didático-científica das Universidades e a liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar a arte e o Saber (artigo 207 da Constituição Federal.

Portanto, referida decisão trata-se de verdadeira censura judicial e é mais uma face do golpe de 2016 se manifestando através do Poder Judiciário. Por fim, o Partido dos Trabalhadores de Mato Grosso do Sul se solidariza com a Coordenação do curso, professores e academicos da UEMS vítimas de tão brutal violência jurídica.

Campo Grande (MS), 09 de junho de 2018.

Diretório Regional do Partido dos Trabalhadores de Mato Grosso do Sul