Fechamento de escola pública em Itaquiraí é criticado por João Grandão

Em sessão desta quinta-feira (15), o deputado João Grandão ascendeu a discussão sobre o fechamento da escola municipal Jair Alves da Costa, no Assentamento Sul Bonito, localizado em Itaquiraí – a 399 quilômetros de Campo Grande. O Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul (MPE) instaurou ação civil pública para impedir o fim da unidade.

“O Ministério Público Estadual entrou com ação para barrar o fechamento, alegando que não fizeram estudo do impacto social que isso pode causar. E eu digo mais, andar tudo isso pode acarretar em desistências e pais podem ser responsabilizados. Imaginem o sofrimento que as famílias vão passar? Haverá prejuízo social e psicológico”, lamentou o deputado.

Caso a unidade seja fechada, os estudantes terão que enfrentar um longo percurso até a nova escola, algo em torno de duas horas. A escola tem 173 estudantes, e oferece ensino da pré-escola, anos iniciais e finais.

O Ministério Público já requereu medida liminar para impedir o fechamento, sob multa diária. “O direito à educação se encontra intrinsecamente ligado à dignidade da pessoa humana, e, portanto, deve ser tutelado”, diz trecho do documento.